Publicado em família, inquietações

Vida que continua

Olhando as últimas postagens deste blog dá para perceber que não existe outro assunto, aqui só aparecem relatos da vida dos meus pimpolhos.

O que começou como um blog do meu dia-a-dia, das minhas reclamações e impressões da vida, aproveitando a onda de blogs de 7/8 anos atrás, hoje é um diário mensal da vidinha das crianças.

Não, não sou mãe em tempo integral. Trabalho, e muito, fora de casa. Um trabalho que amo, que é fruto do meu esforço e do meu estudo e que me realiza a cada dia. Sim, eu tenho outros assuntos que não os filhos, mas quando chego em casa, ao invés de postar, quero ficar com minhas crias, comer (com calma, quando possível), conversar com o marido… E todas as coisas engraçadas, tristes, diferentes que eu vejo naquelas audiências ficam em segundo plano. Todas aas novidades da minha vida acabam que não precisam ficar registradas…

Desde que meu primeiro filho nasceu muita coisa mudou na minha vida. E eu não reclamo. Hoje, grávida do terceiro (sim, terceiro; não, não sou louca, apenas bobeamos mesmo), com quase 37 semanas de gestação, olho para trás e vejo que poderia ter sido diferente. Afinal, três filhos em 3 anos e meio não é brincadeira. Mas no fundo não mudaria nada…

Não mudaria porque a escolha foi nossa, (quase) consciente. Não somos pais perfeitos. Perco a paciência muitas vezes. O marido vez ou outra finge que não está vendo e não ajuda. Os meninos nos enlouquecem dezenas de vezes. Mas somos muito felizes.

Nós poderíamos estar aproveitando os frutos do nosso trabalho e viajando muito, comprando muito, vivendo a vida de casal muito. Mas gostamos de ter os meninos em casa. Gostamos de viajar com eles, mesmo que seja muito mais cansativo e limitado. Não, crianças não limitam a vida de ninguém, mas mudam perspectivas e objetivos.

Vez ou outra eu penso “serão três”… não dormirei pelos próximos meses novamente, será difícil ir com os três a um restaurante… viajar? Só se for alugando uma casa, afinal hotel raramente aceita 05 em um quarto! Mas logo em seguida, fico feliz em ver que crescerão juntos, sendo amigos. Que estamos formando dois (logo três) serem humanos cheios de sonhos e imaginação.

E a vida segue…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s